quinta-feira, 24 de março de 2011

Projeto Uma Prosa Sobre Versos

 Recebemos da Academia de Letras de Maracás a noticia do ínicio do projeto "Uma Prosa Sobre Versos", que iniciou a edição 2011 em grande estilo.  Com realização da Prefeitura Municipal de Maracás, através da SEMEC / Diretoria de Cultura, o Projeto Uma Prosa Sobre Versos é um movimento de resistência à cultura de massa.
Iniciado na última sexta-feira, 18, o evento recebeu o poeta Salgado Maranhão, maranhense radicado no Rio de Janeiro, autor de sete livros de poesia, letrista com parcerias com grandes ícones da MPB, a exemplo de Elba Ramalho, Zeca Baleiro, Ivan Lins e Paulinho da Viola.

A noite contou com um magnífico recital poético apresentado pelo Grupo Concriz, uma palestra do autor convidado e uma entrevista realizada pelo poeta e curador do projeto, José Inácio Vieira de Melo.





Grupo Concriz em uma de suas melhores performances






                                    





José Inácio Vieira de Melo entrevista Salgado Maranhão


A reportagem completa do evento pode ser vista no blog: www.maracascultural.blogspot.com

quinta-feira, 17 de março de 2011

I Encontro de Academias da Bahia

Entre os dias 10, 11 e 12 de dezembro do ano passado, sob os auspícios da Fundação Pedro Calmon, foi realizada em Valença o I Encontro de Academias de Bahia, com a participação de 17 Entidades Co-Irmãs, tudo coordenado por nós, da Academia Valenciana de Educação Letras e Artes – AVELA.

Não voltaremos a falar a importância que foi aquele Evento, que contou com a presença, entre outras autoridades, do então Secretário de Cultura, Márcio Meireles e do presidente da FPC, professor Ubiratan Castro.

Dias depois, recebemos do confrade Evandro Gomes Brito, da Academia de Letras de Vitória da Conquista, um dos muitos amigos que fizemos, o soneto que se segue, o qual não foi publicado antes por razões imprevistas, fato que nos desculpamos agora.

sábado, 12 de março de 2011

sexta-feira, 11 de março de 2011

Revista de História

Recebi o convite do meu amigo gaúcho, o professor Mário Maestri (Chefe do Curso de PPG em História, da Universidade de Passo Fundo, RS), para prestar um depoimento, a ser publicado em uma revista, sobre minhas relações políticas com Leonel Brizola. Como aquelas relações foram mesmo de ordem políticas, e não pessoais, resolvi falar das suas relações com os sargentos – já que fui um deles – e ater-me apenas àqueles ângulos do nosso relacionamento.

Para isso, fiz uso de um capítulo “Brizola e os Sargentos”, do meu livro (inédito) “O Sargento na História do Brasil”.

A matéria saiu no número 10, de Novembro de 2010, Ano 6, pág. 64-68, da revista “História & Luta de Classe”. Acabei de receber dois exemplares, recheados de matérias sobre “Militares e Luta de Classes”. Essa revista é distribuída, caso algum amigo esteja interessado, através de: historiaelutadeclasses@uol.com.br

Reproduzo, abaixo, da capa da revista.





sexta-feira, 4 de março de 2011